Empregada da PIZZAHUT celebra acordo na Justiça

Compartilhe esse conteúdo

A empregada M. X. B. O conseguiu importante vitória na Justiça do Trabalho em Cotia e celebrou acordo para o recebimento de R$ 120.000,00 de sua empregadora PizzaHut.

A Justiça reconheceu a nulidade do acordo de compensação de horas de trabalho, pois era ultrapassado o limite legal de 44 horas semanais, e condenou a empresa ao pagamento de horas extras e adicional noturno, com acréscimos e reflexos DSR, férias, 13º salário, FGTS, aviso prévio e saldo de salário.

A Justiça também mandou a empresa pagar tícket-refeição no valor de R$ 20,00 por dia em que as horas extras ultrapassem 2 horas diárias.

Em seguida, a empresa foi condenada ao pagamento de gorjetas que não eram corretamente repassadas à empregada.

Por fim, a empresa ainda foi condenada ao pagamento de R$ 40.000,00 de indenização por danos morais pela violação dos direitos da empregada, nos termos da sentença.

O processo correu na 2ª Vara do Trabalho de Cotia, sob n. 1003213-17.2013.5.02.0242, e a empregada foi representada pelo advogado João Teixeira Júnior, advogado trabalhista e sócio do escritório João Teixeira Júnior Advocacia que atua na área trabalhista e previdenciária.